Perdi a virgindade e outras coisas

>> quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Fiz uma fézinha. Nem foi uma, foram 35. Na verdade, das 35, apenas 10 eram pra mim (15 se você contar que meu pai ganhando com uma das cinco que ele fez, o prêmio é meio meu também). Isso é que é perder a virgindade com grande estilo.

Depois que fiz os jogos, resolvi parar pra pensar e tentar imaginar a cabeça de uma pessoa ganhando 100 milhões (prêmio que estava sendo divulgado naquela hora e já aumentou!) assim, só na sorte. Eu acho que teria um troço! Sou muito nervosa com as coisas, entraria em parafuso. Quando recebo notícia boa, nunca sei se dou risada ou choro. Seria receber uma notícia boa multiplicado por 100 milhões! Ca-ce-te.

Depois fiquei pensando que ganhar uma quina já tava bom, pelo menos eu sobreviveria a emoção pra aproveitar o dinheiro!

~~

Uma das minhas amigas que fiz esse ano (hi, Lily) me mandou um e-mail hoje falando sobre tudo que mudei na vida dela esse ano. Por minha causa, ela, uma editora CDF, atrasou por dois dias a entrega de uma edição, certa vez, porque eu fiquei enchendo o saco para que ela lesse e o discutisse comigo. Quando ela citou isso, eu pensei que ela ia me xingar por estar atrapalhando a vida dela com meu non-sense (não que ela não atrapalhe a minha com o non-sense dela, mas estou aqui para isso). Naaaada! Lily me agradeceu por finalmente ter mostrado a ela que existe mais que prazos - e concluiu dizendo que aquele foi um dos livros mais interessantes que ela leu, e o primeiro, em muitos anos, que ela perdeu tempo para realmente ler, e não apenas editar.

Isso me fez pensar que esse é o problema das profissões que escolhemos porque gostamos demais do seu idealismo: acabamos perdendo o idealismo no caminho e virando meros robôs. Saaaad... Fiz um post-it sobre isso para o Ano Novo graças a Lily!

~

Hoje foi meu último dia de trabalho do ano. E eu acho que isso fala por si só.

Ah, e se eu ganhar os cento e tantos milhões da Mega de Virada, foi um prazer começar esse blog, mas eu levarei Murphy para férias num lugar beeem distante.

1 comentários:

Má... 30 de dezembro de 2009 22:11  

O melhor é o título do post HAHAHAHA

Não joguei. Murphy não ia ser tão bonzinho me deixando ganhar, às vésperas de ir embora. Ele já foi muito bonzinho me dando a família, né? Vide que me deu um date e tirou no dia seguinte...

Mas se você ganhar, você vai lá nas suas férias passar uns dias em Boston comigo, né?

Sua amizade com a Lily é tipo a nossa, começou por um motivo e acabou virando algo muito maior. Afinal, você fundou um fórum para competir com o meu, lembra? :mrgreen:

Postar um comentário